quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Metas a longo prazo - 2ª Parte

Que bom que nós não precisamos esperar o fim do ano chegar para nos planejarmos.
Vamos começar?
A tarefa passada era escolher uma meta que fosse:
- Clara, atingível, que não prejudicasse terceiros, que estivesse sob o seu controle (sem colocar terceiros nos seus objetivos) e acima de tudo algo que você deseje.
Vou dar alguns exemplos de meta a longo prazo (uma viagem para o exterior, a compra de um carro, ter um apartamento próprio, casar, ter filhos).
Escolhi comprar um apartamento para ilustrar meus exemplos. Então, vamos começar (escreva no papel, é mais fácil para você controlá-la).
1 - Minha meta: Comprar um apartamento (é algo que desejo, é atingível, está bem claro, não prejudico ninguém conquistando este objetivo e está sob meu controle).
Legal, passou na 1ª fase, então posso ir para a próxima.
2 – Estabelecer um prazo baseado na “realidade”: Em 10 anos vou conquistar minha meta.
Para estabelecer um prazo, eu preciso saber que tipo de apartamento eu quero comprar, em que região ele vai estar localizado, quantos cômodos ele terá, etc. Somente assim, posso ter em mente o seu valor. Esse prazo pode ser alterado, na medida em que o exercício vai sendo feito, isso é super normal. Já cheguei a colocar uma meta inicial de 2 anos e quando terminei o exerício estava em 5 anos....
3 – Como vou saber que atingi essa meta? Minha meta terá sido atingida, quando eu  receber as chaves do apartamento, independente dele estar quitado ou financiado. (Isto é algo que super variável para cada pessoa... algumas pessoas se sentem donas de um imóvel ao pagar a primeira prestação, outras se sentem donas ao pagarem a última, outras ao receberem as chaves... o importante é o que evidencia para você que atingiu a sua meta)
4 – Quais recursos tenho para atingir essa meta? (no exemplo dado, o que eu vou ter que fazer para receber as chaves do apartamento)
Vou investir 25% do meu salário mensalmente, todo dia 25, para dar a entrada e receber as chaves do meu apartamento.
Vou vender salgadinho toda sexta-feira à noite na frente da Universidade XXX e todo dinheiro arrecadado será investido na compra do meu apartamento.
Vou pedir para tal pessoa me ensinar tudo sobre imóveis para eu ficar atenta as boas oportunidades que aparecerem.
Vou me cadastrar em várias imobiliárias, para eu ter idéia dos preços.
Vou conversar com amigos, para que se eles saibam de alguma oportunidade, me avisem.
Recortar fotos de ambientes que eu acho bonito (pensando na mobília do meu apartamento) etc, etc, etc.
Os recursos podem ser pessoas, coisas, habilidades, qualidades, enfim, tudo que possa lhe ajudar a conquistar sua meta...
5 – Listar todos os prejuízos que a conquista da sua meta pode lhe trazer (para mim, esta é a parte fundamental, pois todo ganho envolve uma perda... se sua perda for significativa, a sua meta será sabotada por você inconscientemente em algum momento do processo. Portanto ao achar suas perdas, ache também uma justificativa para elas não terem grande importância.)
Se eu comprar um apartamento eu vou ficar longe da minha família, mas eu poderei visitá-los sempre que quiser; além de que, terei muito mais privacidade.
6 – Dividir a meta a longo prazo em pequenas metas a curto e médio prazo: (às vezes para se conquistar uma meta a longo prazo é necessário passos menores, como aprender uma nova língua, fazer uma faculdade, ter auto-estima... a conquista para estes passos menores nos ajudam a alcançar um grande objetivo)
- Depositar 25% do meu salário mensalmente.
- Sempre que sobrar dinheiro na minha conta corrente, investir.
- Pedir de presente jogo de prato, talher, etc, já pensando na mobília do apartamento.
- Procurar um ganho extra além do meu emprego. (Esse é um exemplo de meta de curto prazo dentro de uma meta de longo prazo... ou seja,  você terá que desenvolvê-la para atingir a sua meta principal).
7- Acompanhar as metas mensalmente e revisá-las:
Todo dia 30 vou verificar se efetuei o depósito e quanto tenho investido para compra do apartamento.
Todo dia 30 vou revisar se posso aumentar o valor a ser depositado ou se continua sendo 25% do meu salário.
Todo dia 30 vou pensar se continuo vendendo salgadinho na Universidade XXX ou se mudarei para a YYY.
Acompanhe o que você se predispôs a fazer e verifique se realmente está fazendo. Se não estiver, está na hora de avaliar se estabeleceu uma proposta alta demais para você dar conta, lembre-se o processo não tem que ser doloroso, apenas desafiante!
8 – SEMPRE QUE ALCANÇAR A SUA META, APROVEITE O MOMENTO! Se parabenize, faça uma festa para você. Se recompensar é tão fundamental, quanto percorrer todo esse caminho!!
Agora que você já sabe que não precisa esperar uma mudança no calendário para mudar sua vida, mãos a obra!