domingo, 5 de agosto de 2012

MAL ENTENDIDO DEVIDO A DIVERGENCIA DE OPINIÕES

Resolvi escrever hoje sobre a “TOLERÂNCIA”, algo que sinto que está escapando através das nossas mãos, com muita facilidade!

Ser tolerante não significa ter que concordar com uma opinião divergente da nossa. Ser tolerante significa “respeitar” modos diferentes de pensar e agir.

 Cada um traz consigo, o “seu” modo de se apresentar, de falar, de raciocinar; e isto é único.

Essa bagagem formada de acordo com o que foi aprendido e com os valores e crenças que cada indivíduo possui, vai se solidificando ao longo da vida, por isso, é impossível querer que alguém pense ou aja como nós... são experiências de vida diferentes, o que foi passado como “fundamental” dentro de uma determinada família, pode ser considerado “banal” em outra. Uma experiência na infância que fez tão mal para uma criança, pode ter sido vivenciada sem a menor importância para outra.

Não adianta discutir, gritar ou se emburrar, porque seus motivos “óbvios” não são compreendidos. Mesmo porque, de repente, eles são “óbvios” apenas para você!

 Ser tolerante, também é saber se abrir para o diferente!

Controlar seus sentimentos, ver as situações com novos olhos e ouvir uma frase que lhe fez mal, através de novos significados; vai fazer bem, principalmente para você!

O coach e a neurolinguística, ajudam as pessoas a controlarem suas ações e conseguirem mudar aqueles comportamentos repetitivos, que as fazem sofrer. 

Desta forma, uma dica utilizada nas terapias breves, é encontrar dentro de si, respostas comportamentais diferentes e mais eficientes. Só assim, você compreenderá que a “TOLERANCIA” está ao lado do respeito, e muito acima da verdade, pois esta... se mantém em constante mutação e varia de indivíduo para indivíduo. Aquele que nunca mudou de opinião é porque parou de aprender!

“Eu não me envergonho de corrigir os meus erros e mudar de opinião, porque não me envergonho de raciocinar e aprender”. Alexandre Herculano

domingo, 25 de março de 2012

O QUE VOCÊ VEM VALORIZANDO?

O texto abaixo é  válido para uma grande e gostosa reflexão.
Tenho certeza que todos entenderão da maneira que deveriam, por isso, este vai sem comentários... na verdade, vocês verão que não há necessidade de comentários, pois ele já diz tudo! 
Boa Leitura!!


Conta-se que no século passado, um turista americano foi à cidade do Cairo, no Egito, com o objetivo de visitar um famoso sábio.


O turista ficou surpreso ao ver que o sábio morava num quartinho muito simples e cheio de livros. As únicas peças de mobília eram uma cama, uma mesa e um banco.


- 'Onde estão seus móveis?' - perguntou o turista.
E o sábio, bem depressa, perguntou também:
- 'E onde estão os seus…?'
- 'Os meus?!' - surpreendeu-se o turista - 'Mas eu estou aqui só de passagem!'
- 'Eu também… ' - concluiu o sábio.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

CORRENDO EM CÍRCULOS

No texto passado “Para refletir... Marcas de batom no banheiro”, falei de 2 pontos a serem observados, e um deles (o que vou comentar abaixo) é a respeito de mudanças.


Você já percebeu que existem diversas situações na sua vida que se repetem?

É como se “tivéssemos” que aprender algo com uma determinada situação, e de “castigo” por não termos aprendido, tudo aquilo se repetisse!

Muitas pessoas sentem como se estivessem correndo em círculos, onde o final fosse exatamente o mesmo local de onde partiram.


Além de cansadas desta longa corrida, surgem nestas pessoas também, uma sensação de vazio e um “nó na garganta” devido ao novo fracasso.


 Muitas até se perguntam: “Por que não deu certo de novo, se desta vez eu coloquei todas as minhas energias, perfeccionismo, etc, etc, etc?”


Gostaria que vocês pensassem na seguinte situação:

 Eu sempre faço bolo de laranja e hoje me deu vontade de comer bolo de chocolate... Se eu pegar todos os ingredientes necessários para fazer um bolo de laranja e colocar “toda minha energia, toda minha dedicação, todo meu perfeccionismo” quando estiver fazendo o bolo, ele sairá com gosto de chocolate?


Pois é... não adianta você colocar toda a sua energia na mesma “fórmula” que não deu certo, faça como o diretor do texto passado... MUDE em primeiro lugar, as suas atitudes!

Um beijo e que as mudanças venham de dentro para fora!


quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

PARA REFLETIR...

" Marcas de batom no banheiro...



Numa escola pública estava ocorrendo uma situação inusitada: meninas de 12 anos que usavam batom, todos os dias beijavam o espelho para remover o excesso dele. O diretor andava bastante aborrecido, porque o zelador tinha um trabalho enorme para limpar o espelho ao final do dia. Mas como sempre, na tarde seguinte, lá estavam as
mesmas marcas de batom...
Um dia o diretor juntou o bando de meninas no banheiro e explicou pacientemente que era muito complicado limpar o espelho com todas aquelas marcas que elas faziam. Fez uma palestra de uma hora, mas no dia seguinte, as marcas de batom no banheiro reapareceram...
Após muito pensar, o diretor juntou o bando de meninas novamente no banheiro, e pediu ao zelador para demonstrar a dificuldade do trabalho.
O zelador imediatamente pegou um pano, molhou no vaso sanitário e passou no espelho...
Nunca mais apareceram as marcas de batom!
Comunicar é sempre um desafio! Por isso, muitas vezes, precisamos usar métodos diferentes para alcançar certos resultados."


Achei esse texto tão engraçado e ao mesmo tempo tão interessante que não resisti em colocá-lo... Dois pontos muito bons para serem pensados:
- Comunicar, realmente é sempre um desafio. Quantas vezes falamos "A" e o ouvinte entende "B, C, D e E"? Por que será que isso acontece?
- Você já percebeu que muitas situações se repetem em nossas vidas?  Se algo não da certo, você também utiliza a estratégia do diretor; ou seja, MUDA a forma de ação e não persiste no que está dando errado, ou tem optado por continuar agindo sempre da mesma maneira?

Um grande beijo e boa reflexão! 

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

ANO NOVO

Por que será que a maioria das pessoas adora fazer planos para o novo ano?


Na minha opinião, essa é uma época excelente, porque a vibração positiva da “massa” e a esperança coletiva, acaba dando mais vida aos nossos desejos e muito mais brilho aos nossos olhos! 

Sem falar que esses “infinitos desejos” são de vários tipos... alguns são simples, outros quase impossíveis (eu disse quase), outros há tempos estamos postergando, outros acabamos de formular, e por aí vai... mas todos eles seguem, com gosto único de se transformarem em realidade.

Então... de asas a imaginação! Tire um dia somente para pensar no que falta para tornar seus desejos em realidade. Separe-os em categorias... “fáceis”, “trabalhosos” e “difíceis”. Estabeleça data para concretização de cada um deles e depois pense quem ou no que, poderá te ajudar a alcançá-los. Às vezes a ajuda está “ao nosso lado” e estamos “dando de costas” para ela!


 Anote todos os passos que você terá que dar, assim ficará mais simples de acompanhar seu desenvolvimento. E o principal... busque tudo o que você vai ganhar e principalmente “o que vai perder” se atingir seu objetivo.

Lembre-se: nosso “organismo” é inteligente demais para nos deixar atingir algo, que ele acredita que possa nos prejudicar de alguma maneira.

Elimine as “brechas” em seus planos e tenha coragem de atingir seus sonhos, mesmo porque, te garanto que novos “desejos” sempre virão!


Um bom início de ano a todos, repleto de desejos muito bem planejados!!